sábado, 27 de dezembro de 2008

E passou num ápice...

No dia 24 acordei bem cedo. Esperava-me um dia inteiro enfiada na cozinha...Faço-o com gosto...e era de aproveitar, transbordava de motivação...
Despachei os dois mais velhos para irem para a escolinha, e o pai encarregou-se de tomar conta do mais pequenito.
E lá comecei...
Fiquei contente comigo própria, saíu-me tudo super bem...fiz muita coisa...de doces, desta vez as novidades foram o pudim de água, pudim de pão e bolo formigueiro.Para além de serem fáceis de fazer, ficaram muito bons!
E para o nosso jantar de consoada fiz Bacalhau à Gomes de Sá que eu adoro!
De petiscos para irmos comendo foram uns camarõezinhos à alhinho e sapateira.
Com tudo pronto, só ficou tudo arrumado e em ordem já eram 8 da noite.Já não podia com as minhas costas, e cheia de dores nos pés.
Jantámos com os meninos...eles todos muito entisiasmados...e estavam maravilhados com tanta coisa para comer...e com a mesa posta...foi um ver se te avias...só os via a dar ao dente...
Seguiu-se depois a sessão de cinema em casa...com direito a arroz doce e tudo...
Eram 10 e meia da noite acordo...tudo deitado no sofá, cada um a dormir para seu lado...nem sei se viram alguma coisa de jeito do filme...
Eu não costumo adormecer assim, mas o cansaço venceu-me...
Dia 25, dia de natal...fez um ano que dei a boa noticia da última gravidez...as boas recordações desse dia, sorriram-me...
Acordados os pimpolhos, despachei tudo, levámos todas as prendas e todos os doces e rumámos a casa dos meus avós. Conseguimos chegar a horas decentes.Não que cheguemos atrasados, mas dá uma trabalheira sairmos, tem de ser tudo muito bem organizado.
Infelizmente o meu avô não estava nos dias dele, estava mesmo muito doente, até pensei no pior...mas ao longo do dia foi melhorando e muito!
Também o cozinheiro da familia (o meu pai) nem se conseguia levantar da cama, estava com uma gripe daquelas...e ainda por cima não estava o almoço feito e já estava tudo a chegar.
Pus mãos-à-obra, com a minha mãe e a minha avó, lulas recheadas no tacho para fazer de cebolada, saladas variadas, galo e pato no forno e arroz de cenoura a cozer.
A malta ia aconchegando o estômago com o belo do marisco.
Eram 3 horas quando começámos a almoçar.
Depois da barriga cheia, a troca de prendas que toda a gente nesta familia adora...é sempre uma risada vermos as prendas de uns e de outros.
Os mais novos deliraram com tanta coisa, já nem se via o chão da casa...eram papéis de embrulho por tudo o que era lado, e os pequenos sem saberem para onde olhar,com tanto brinquedo junto.
E claro está, as famosas birras...poderiam alguma vez faltar?
Quem se portou muito bem foi o principe pequenino, que dormiu na hora da confusão, traquilo da vida, muito quentinho, tapadinho com a manta que a bisavó ofereceu...
Nem teve de se ralar em abrir as suas prendas, pois a mana encarregou-se do assunto.
E portou-se muito bem todo o dia...sem birras, e todo contente sentado no seu carrinho...portanto uma maravilha!
Passou-se mais um natal, com muita felicidade!Adorei...Levo meses a sonhar com a magia deste dia, e passa num instante... !
Hoje foi dia de explorar como devia de ser todos os brinquedos e claro está, mais birras.Mesmo separados os dois, cada um em seu quarto, e com os seus brinquedos, a princesa apanhou-me distraída e carregou tudo para o quarto do irmão, não quer estar sozinha a brincar de maneira nenhuma.E agora a birra é por causa do computador do Noddy, ele ganhou um do Ruca, mas gosta é daquele. Vá-se lá entender estes miúdos...
Eu com tanta roupa que nos deram, fiz 2 máquinas de roupa. Já tenho um montão dela para passar a ferro, está quase a ultrapassar a altura da árvore de natal...
Amanhã vou exprimentar uma das minhas prendas, um ferro com caldeira...com este frio, até sabe bem.Já tinha tido um, mas a minha mãe deixou-o cair e partiu-se, agora teve de comprar outro e muito jeito me dá...
Agora é aproveitar o resto do fim do ano...

1 comentário:

Mafalda, Rui e Constança disse...

Que maravilha de Natal, passaram todos juntos e correu tudo bem ;)))
Beijinhos felizes